Vertalingen uit het Portugees

Portugees 24

Nam passou muito tempo, que por aquelle lugar nam veio hum dos servidores de Lamentor, que atravesava pera o castelo. Quando Bimarder soube delle, como Lamentor tinha ordenado fazer alli huns paços grandes e morar nelles toda sua vida, algum repouso deu mais este a Bimarder, que dantes a pouca certeza que tinha da estada de Aonia naquella terra, lhe dava grande fadiga ao pensamento. Mas afroxando da parte deste cuidado, entrou noutro do que faria de si, e pera donde se hiria; no que esteve ate bem noite sem poder assentar nada com sigo; que hir-se dalli pera outra parte lhe era jaa grave, ficar parecia-lhe imposivel cousa, pera se poder esconder do seu escudeiro. Combatido assi de ha e outra cousa, ainda porem sem detremina_am de nha, ergueo-se como forçado da noite mais que da vontade. Buscando seu cavalo onde o leixara o seu escudeiro, nam no achou. Tornando-se entam pera o freixo onde dantes estivera, pera dalli olhar se fora beber ao rio, mas nam o vendo nem sentindo em nhum cabo, encostou-se assi entam ao freixo, cuidando, aa primeira, no cavalo. Mas nam tardou muito que logo nam tornase a seu verdadeiro cuidar,   imaginando, parece, na senhora Aonia na fantesia, afigurando-a nella da maneira que a vira. E de piedade amorosa lhe stavam caindo as lagrimas polos olhos. Estando elle assi todo ocupado daquella doce tristeza, sentio como alguem apar de si. E olhando (com o luar que entam fazia) vio ha sombra de homem desporposionado do nosso costume, estar perto delle. A supita novidade o comoveo a alteraçam, mas como esforçado que era, lançando mão a sua espada, cobrou ouzadia de lhe preguntar quem era; e vendo que comtudo se calava, pos-se en geito pera ella, com a espada jaa arrancada, dizendo: Ou me diras quem es, ou o saberei eu. Estaa quedo, Bimarder_ (chamando-o assi por seu nome), lhe disse a sombra, que ainda agora foste vencido de ha   donzella chorando. Deteve Bimarder o passo, espantado daquillo que ainda atee entam cuidava elle que o nam sabia ninguem. Mas tornando logo a querer-lhe perguntar donde o sabia, olhou e vio que aquella sombra, virando-se para has moutas grandes que hi cerca estavam, se metia indo por antre ellas, e assi desapareceo. Fiquando Bimarder com o pensamento cheo do que aquillo seria, começou d’ouvir hum estrondo grande que vinha pello mato descontra honde elle estava. E ainda bem o nam ouvia, quando, correndo per ante si, vio passar o seu cavalo, e huns lobos apos elle; e apos os lobos de longe vinham correndo huns cains com grande matinada, [e ao] saltar deste ribeiro caio nelle o cavalo; chegando os lobos que começavam a feri-lo por todas partes de maneira que, com quam prestesmente Bimarder acodio, jaa elle era meo morto. Nam tardou nada que huns pastores que perto dalli tinham a malhada do seu gado, [a filhar os cains] vieram alli ter. Afegurando-sse-lhe ser morta alga res, e achando Bimarder asi agastado, começarom-no a querer consolar com palavras e modos rusticos, [oferecendo-lhe] pousada.

(c) Ruud Ploegmakers 2017